Bibliografia recomendada para a temática da Autoavaliação

Algumas escolas têm-nos pedido sugestões para bibliografia a adquirir pelas Bibliotecas Escolares para apoio ao trabalho das equipas de autoavaliação. Aproveitamos então para sugerir algumas obras nesta listagem, que iremos mantendo atualizada:

  • AFONSO, Natércio (1994). A reforma da Administração Escolar. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional.
  • ALAIZ, Vitor; GÓIS, Eunice; GONÇALVES, Conceição (2003). Auto-avaliação de escolas: pensar e pratica. Maia: Edições ASA.
  • ALVES, Matias; ALAIZ, Vítor, at all (2000). Trabalho em equipa e gestão escolar. Porto: Edições ASA (Cadernos CRIAP).
  • ANDERSON, Chris (2007). A cauda longa. Actual Editora.
  • AZEVEDO, Alfredo (2007). Administração Pública. Modernização e gestão da melhoria dos processos. Maia: Vida Económica
  • AZEVEDO, Joaquim (org.) (2002). Avaliação de escolas: consensos e divergências. Porto: Edições ASA
  • AZEVEDO, Joaquim (org.) (2003). Avaliação dos resultados escolares: medidas para tornar o sistema mais eficaz. Porto: Edições ASA
  • BERNARDES, Carla; MIRANDA, Filipa (2003). Portefólio: uma escola de competências. Porto: Porto Editora.
  • BILHIM, João Abreu (1996). Teoria Organizacional: estruturas e pessoas. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
  • CHIAVENATO, Idalberto (2006). Princípios da Administração: o essencial em teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Elsevier editora (Editora Campus).
  • COHEN, A., Fradique, J., & Ferreira, N. (2018). Guia da Autonomia e Flexibilidade Curricular (1st ed.). Lisboa: Raiz Editora
  • COSME, A. (2018). Autonomia e Flexibilidade Curricular: propostas e estratégias de ação (1st ed.). Porto: Porto Editora
  • COSTA, Jorge A. (1996). Imagens Organizacionais da Escola. Porto: Edições ASA
  • DGAEP. (2013). Estrutura comum de avaliação: CAF Educação (1st ed.). Lisboa: DGAEP (Direção Geral da Administração e do Emprego Público).
  • FRIEDBERG, Erhard (1995). O poder e a regra: dinâmicas da Acção Organizada. Lisboa: Instituto Piaget
  • GUERRA, Miguel (2000). A escola que aprende. Porto: Edições ASA (Cadernos CRIAP)
  • GUERRA, Miguel (2003). Tornar visível o quotidiano: teoria e prática da avaliação qualitativa de escolas. Porto: Edições ASA
  • MAGALHÃES, Rodrigo (2005). Fundamentos da gestão do conhecimento organizacional. Lisboa: Edições Sílabo
  • MARZANO, Robert (2005). Como organizar as escolas para o sucesso Educativo. Porto: Edições ASA
  • PETERS, Tom (1998). O círculo da inovação. Venda Nova: Bertrand Editora.
  • RASCÃO, José (2000). Análise Estratégica: sistemas de informação para a tomada de decisão estratégica. Lisboa: Edições Sílabo
  • ROCHA, Abel (1999). Avaliação de escolas. Porto: Edições ASA
  • ROCHA, Abel Paiva (2001). Avaliação de Escolas. Porto: Edições ASA
  • SUROWIECKI, James (2007). A sabedoria das multidões. Lisboa: Lua de Papel

Fica então esta sugestão da Another Step, esperando que possa ser útil às equipas. Bom trabalho.

Bibliografia recomendada para a temática da Autoavaliação